pequenos gigantes

Mesmo diante de uma das maiores crises sanitárias e econômicas do país, os pequenos empreendedores conseguem se reinventar e criar novos canais de comunicação com os clientes. Conheça suas histórias e entenda por que nunca foi tão importante apoiar o negócio local

Vendas em queda, falta de capital de giro, custos fixos altos, dificuldade de acesso a crédito: desde o início da quarentena, ficou claro que os micro e pequenos empreendedores seriam os mais atingidos pelos impactos econômicos da pandemia. Para sobreviver, seriam obrigados a se reinventar, mudando o modelo de negócio e mergulhando no universo digital. Enquanto os fundadores tentavam se recuperar do susto inicial e organizar a retomada, dois movimentos diferentes, mas complementares, começaram a tomar forma no país.

De um lado, grandes empresas, representantes da mídia e organizações de fomento passaram a criar iniciativas para apoiar os micro e pequenos empreendedores, hoje responsáveis por 99% dos negócios existentes no Brasil. Hashtags como #compredolocal, #pertinhodecasa e #salveopequeno se multiplicaram, acompanhadas de doações e ações de suporte a esses empreendedores. Pequenas Empresas & Grandes Negócios abraçou a causa, lançando, ao lado de Época NEGÓCIOS e dos jornais O Globo, Extra e Valor, da Editora Globo, a campanha “Apoie o Negócio Local”.

Gostou? Para ter acesso a essa reportagem completa e ao conteúdo integral da edição,
acesse a Pequenas Empresas & Grandes Negócios pelo aplicativo Globo+, que está disponível na Google Store e na iTunes Store. 

GoogleStore.png
AppStore.png
Logo-Novo-Finalizado---Sem-fundo.png