Suporte em dobro

Franquia Kiwi Superfoods ajuda restaurantes a passar pela crise, com a possibilidade de torná-los franqueados

Dimitri Rodrigues, fundador da rede de franquias de alimentação saudável Kiwi Superfoods, sempre gostou de trocar experiências com donos de negócios de menor porte. Em 2020, houve um aumento significativo no número de fundadores que procuraram sua ajuda. Primeiro, por conta dos efeitos dos temporais de fevereiro em Belo Horizonte (MG), onde fica a sede da empresa. E, a partir de março, por causa da pandemia.

A crise causada pelo novo corovavírus levou Rodrigues a estruturar um programa de socorro para pequenos negócios, batizado de Lemon-Aid. “Passar por uma crise pode ser um processo muito solitário. Nós temos uma estrutura de treinamento preparada, mas ociosa, porque o franqueado não precisa dela no momento. Percebemos que poderíamos compartilhar esses recursos com outros empreendedores”, diz Rodrigues.

Em duas semanas, o Lemon-Aid recebeu 35 pedidos de inscrição. O programa começa com um diagnóstico do negócio e do empreendedor. “Queremos ser efetivos e não fazer algo superficial”, afirma Rodrigues. Entre os critérios de seleção, estão a gestão de finanças, a estruturação de cardápio e o histórico do negócio. “Nível de endividamento não é critério eliminatório, mas usamos para entender o tamanho do problema e indicar um caminho para pagar essas dívidas.”

Gostou? Para ter acesso a essa reportagem completa e ao conteúdo integral da edição,
acesse a Pequenas Empresas & Grandes Negócios pelo aplicativo Globo+, que está disponível na Google Store e na iTunes Store. 

GoogleStore.png
AppStore.png
Logo-Novo-Finalizado---Sem-fundo.png