Todas as cores dos unicórnios

Felipe Matos 

foi CEO da Startup Farm e COO do programa Start-Up Brasil. Atualmente é Head de Startup Ecosystem da In Loco, empresa que utiliza hiper-geolocalização para oferecer serviços para marcas

Recentemente, o Brasil ganhou mais uma empresa unicórnio, nome dado a startups que crescem até o ponto em que são avaliadas em US$ 1 bilhão ou mais. Um feito notável e raro. Entre o início dos anos 2000, quando começou o período de crescimento do ecossistema de empreendedorismo digital no país, e o ano passado, o Brasil ainda não tinha conseguido gerar uma empresa de tecnologia com valor reportado nesse patamar. Até que, em 2018, a 99 se tornou a primeira.
 

Nem dois anos se passaram, e o país já tem pelo menos nove empresas na categoria, segundo a Associação Brasileira de Startups. A última delas, anunciada recentemente após aportes multimilionários de investimentos, é a QuintoAndar, que utiliza tecnologia para modernizar o processo de aluguel de imóveis.

Gostou? Para ter acesso a essa reportagem completa e ao conteúdo integral da edição,
acesse a Pequenas Empresas & Grandes Negócios pelo aplicativo Globo+, que está disponível na Google Store e na iTunes Store. 

GoogleStore.png
AppStore.png
Logo-Novo-Finalizado---Sem-fundo.png