SUPORTE às pequenas EMPRESAS

Negócios locais estão entre os mais afetados pela pandemia do novo coronavírus. Saiba como colaborar para manter vivos esses empreendimentos

Além das preocupações com a saúde, a pandemia do novo coronavírus trouxe um clima de grande incerteza para os negócios. Os mais afetados são os profissionais autônomos e as pequenas empresas – muitas não sabem como irão se sustentar sem poder vender ou oferecer seus serviços ao consumidor. Diante do momento difícil, um movimento começou a se formar no país. Consumidores e empreendedores têm se unido em campanhas nas redes sociais para estimular o apoio aos pequenos negócios.

Uma das principais maneiras de fazer isso é adicionar e manter os itens de produtores ou lojas locais na lista de compras. Mesmo com o fechamento das unidades físicas, muitos continuam atendendo por delivery ou para retirada. “Essas empresas não trabalham apenas com almoço ou jantar. Muitas doceiras e boleiras, por exemplo, continuam recebendo encomendas de casa”, diz Alexandre Robazza, consultor do Sebrae-SP.

Gostou? Para ter acesso a essa reportagem completa e ao conteúdo integral da edição,
acesse a Pequenas Empresas & Grandes Negócios pelo aplicativo Globo+, que está disponível na Google Store e na iTunes Store. 

GoogleStore.png
AppStore.png
Logo-Novo-Finalizado---Sem-fundo.png